26 dezembro, 2010

We can love somebody we never knew



I never held you, but I feel you
You never spoke, but I hear you
I never knew you, but I love you

3 comentários:

  1. A verdade é que se pode e pode-se menos sem darmos conta de tal.

    ResponderEliminar