18 março, 2011

O teu silêncio vale mil palavras #3

Oh meu deus ele não acabou de dizer aquilo. Reage Joana ou vais parecer uma anormal.
E a campainha tocou.
- Yue temos de ir para a sala, tu conheces a mulher ainda nos mata. – Disse o Jude no seu ar mais querido.
- Oh desculpa, sim ahn.. vamos – mas que raio se passa comigo?
- Yue sabes.. logo à tarde vens ao parque comigo?
Ele está mesmo a convidar-me para ir com ele outra vez? – É claro Jude!
- Espero por ti no lugar de sempre minha Yue – E deu-me um beijo na testa e foi para a sala.
Fiquei a olhar para ele sem me aperceber que também tinha de ir, parecia enfeitiçada.
- Bem bateste-lhe mesmo com força!
- O quê? Mary! Chiça pregaste-me cá um susto! Anda lá e deixa-te de coisas, já vamos ouvir da stôra.
E o dia de aulas foi passando, quer dizer eu não conseguia que as horas passassem estava demasiado ansiosa. Às 17h ia mesmo estar novamente com o Jude, não queria acreditar!
Finalmente eram 16:40, arranjei-me o melhor que pude sem dar ideia de algo muito formal, sai de casa e tive de me controlar para não correr até ao parque.
Lá estava ele, é impressão minha ou aquele rapaz era perfeito? Tenho de me despachar e não o fazer esperar.
- Olá Jude. – Devo ter soado mais tímida do que pretendia.
- Yue!
- Banco de sempre?
- Não, hoje não…
-Então?
- Anda, quero mostrar-te uma coisa. – e como se fosse algo extremamente habitual pegou-me na mão.
Ele não deve ter reparado no quanto eu corei e se reparou foi um querido e não o mencionou, mas tudo com o Jude é assim, de outro mundo. Parámos num canto do parque que eu nunca tinha visto, tinha um lago ao centro onde podíamos ver os patos, na verdade o que víamos era as mães patas a levar os filhos para a água pelo que parecia ser a primeira vez.
- Jude porque me trouxeste aqui?
- Queria que conhecesses mais um pouco de mim. – disse ele, parecia pela primeira vez muito tímido.
- Tu sabes que ainda não percebi.
- Pois sei, é estranho como conheço tão bem as tuas expressões, assim como tu conheces as minhas, mas isto é algo que não adivinharias em nenhuma expressão.
Virei-me para ele muito séria, parecia triste, mesmo muito triste.
-Jude não tens de contar, se não quiseres. – Sabia que devia ser uma coisa que lhe custava muito, via-o nos seus olhos.
- Mas o estranho é que eu nunca quis contar a ninguém, excepto a ti Yue, quero partilhar esta parte de mim contigo, por muito triste que seja – ele pegou-me na mão e fez-me sinal para sentar, ficamos ali os dois as ver as mamãs patas a orientar os seus filhos e eu tentei esperar o mais pacientemente que me foi possível até que ele rematou – Sabes eu nunca tive aquilo. – Apontou para os patos, a minha cara deve ter mostrado incompreensão porque ele continuou – nunca tive uma mãe ou um pai, nunca tive ninguém para me proteger e amar, que me levantasse quando caísse, ou que me ensinasse as coisas mais normais da vida, estive sempre sozinho, sempre. Sinto a falta deles, mesmo que nem sequer me lembre deles, eles morreram quando eu tinha apenas dois anos e desde ai que ando em instituições, mas sinto que não pertenço lá, por mais que as senhoras que tomam conta de nós nos amem não consigo parar de achar que estou sozinho.
Eu não queria acreditar que ele estava a partilhar aquela parte dele comigo, mas ainda mais não conseguia acreditar que ele achava que estava completamente sozinho e por isso peguei-lhe na mão com mais força e segurei-a bem, virei-me bem para a tua cara e disse:
- Tu não estás sozinho, eu estou contigo. Nunca mais voltar a estar sozinho ou a sentir isso, prometo-te.
Inventado, continua se quiserem

21 comentários:

  1. nao é uma missão, mas uma verdade.
    L I N D O O O O O (. . .) ! joo este texto está brilhante, mas isto é algum sonho, só assim por acaso ? é pq se foi os sonhos significam o que a nossa consciência quer e mtas das vzs tmb o que nos poderá a vir a acontecer no futuro, acredita.
    (ps : continua com esta historia, é mm linda)

    ResponderEliminar
  2. Ai JOO, estou a chorar. O texto está tão mas tão LINDO, e apesar de as palavras serem simples, eu AMO, mas AMO mesmo porque vê-se que tem modésta, verdade. Está LINDO, continua a escrever. Adorei cada palavra, cada expressão mais simples que se tornou complexa adorei, está lindo de mais para sei lá. Parece mágico, é mágico. Está muito bonito, mesmo.

    ResponderEliminar
  3. ai nao era ! mas se acreditares e se for mm isso que eures (ou parecido) acredita que alcanças minha joo

    ResponderEliminar
  4. Sim, gostei muito, mas muito mesmo. Este está empatado com o primeiro : )

    E também gostei muito das tuas unhas : )

    ResponderEliminar
  5. de certeza que vais encontrar o «rapaz dos teus sonhos»

    ResponderEliminar
  6. mas a probabilidade aumenta para uma mulher para esse teu rapaz perfeito é só de tu para ele apenas se acreditares e lutares bby, a serio, tu vais encontra-lo

    ResponderEliminar
  7. esperas bem então, ele vai aparecer !

    ResponderEliminar
  8. espero bem que sim, mm ; e ainda por cima eu naquele post ta mm tudo o que eu queria fazer com «ele», quem me dera mandar no mundo ;o

    ResponderEliminar
  9. por acaso é verdade, mas tipo eu so mandava na parte do amor, pq dps tudo o resto era só viver

    ResponderEliminar
  10. Muito mesmo Joo, a historia dele é linda, gosto tanto destes teus te´xtos, és incrivel girl

    ResponderEliminar
  11. Custa um pouco saber que o podia ter todos os dias e nao tenho porque ele ainda nao passou por "o tal sofriemento"

    Oh Joo *-* AI *-*

    ResponderEliminar
  12. gostei do blog e vou seguir (:
    se quiseres segue também *

    ResponderEliminar
  13. continua sim senhora que tens um dom especial para escreveres ;D e já sabes bem o que penso da história :D

    ResponderEliminar
  14. o texto ficou muito longo mas eu amei continuação logo e ver mais sobre a historia do Jude...

    http://blogjustmy.blogspot.com/

    http://umsonhoqueeusonhei.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. amei, amei, amei!
    Obrigada querida, realmente nos sonhos acabamos por ficar bastante assustados. Os poires é quando caímos de um precepício .

    ResponderEliminar
  16. AMO *.*
    estou a seguir , segues de volta? (;
    kiss

    ResponderEliminar